Quais os diferenciais da eletroacupuntura?

16/08/2019

eletroacupuntura é uma técnica terapêutica que possui conceitos parecidos com a acupuntura. A diferença é que, nesta prática, são aplicados impulsos eletromagnéticos nas agulhas, criando uma pequena carga elétrica que potencializa o efeito do tratamento.

A quantidade de estímulos, bem como sua potência, é regulada de acordo com a necessidade do paciente. Ou seja, eles podem ser fracos ou intensos, regulares, contínuos ou intermitentes.

eletroacupuntura possui efeitos analgésicos, anti-inflamatórios, neuro-regulatórios e homeostáticos. Além disso, tem a capacidade de prevenir determinados distúrbios, principalmente os musculares.

Neste artigo, te explico a diferença entre acupuntura e eletroacupuntura, bem como os diferenciais desta última técnica, que é considerada um dos grandes avanços na medicina chinesa.

Ouça este conteúdo:

Qual a diferença entre eletroacupuntura e acupuntura

A acupuntura é considerada a pioneira entre as técnicas da medicina chinesa e que abriu espaço para outras possibilidades surgirem.

Na prática, ela é muito parecida com a eletroacupuntura, visto que também utilizar agulhas para estimular pontos específicos do corpo. Entretanto, nesta última, as agulhas, geralmente dispostas duas em duas, são fixadas em um dispositivo que gera impulsos elétricos. Desta forma, a carga elétrica é transmitida de uma para outra, estimulando uma região maior do corpo e aumentando as chances de cura.

Durante a sessão terapêutica, é comum que o paciente sinta uma sensação de formigamento ou um pequeno choque. Entretanto, como esses sintomas são fruto dos estímulos elétricos, eles não persistem após o seu término.

Quais os efeitos da eletroacupuntura

eletroacupuntura possui ação analgésica e anestésica, sendo muito utilizada em casos como espasmos muscularesdores de cabeça e cólicas.

Como essa técnica ajuda a equilibrar as energias do corpo, ela auxilia na contenção de doenças de pele, como a acne, e respiratórias, como a asma. Dependendo do ponto que é estimulado, ela pode ativar o sistema de endorfina, ajudando a reduzir a pressão arterial e a incidência de doenças coronárias.

eletroacupuntura vem sendo muito utilizada para complementar o tratamento de obesidade. Ela não gera o emagrecimento em si, mas ajuda a eliminar a gordura localizada porque ativa o metabolismocontrola a ansiedade e mantém os órgãos equilibrados.

Além disso, no momento em que há o estímulo elétrico diretamente no tecido adiposo, ela oferece um efeito anti-inflamatório e vasodilatador. No caso, ativa a circulação e modifica a permeabilidade das células, reduzindo a retenção líquida e facilitando a eliminação de toxinas estocadas na região.

Outros distúrbios e sintomas que podem ser minimizados através da eletroacupuntura são:

  • estresse;
  • depressão;
  • ansiedade;
  • insônia;
  • enxaqueca;
  • TPM;
  • alterações hormonais;
  • impotência sexual;
  • problemas reumáticos e
  • traumas em geral.

Pacientes com doenças neurológicas também podem se beneficiar, assim como quem toma medicamentos para câncer e sofre de fortes náuseas.

Procure um profissional especializado

Assim como ocorre na acupuntura, é fundamental que a eletroacupuntura seja realizada por um profissional habilitado e, preferencialmente, especializado em Acupuntura. Os resultados podem ir além se  for realizada em conjunto com a Medicina Funcional e Homeopatia, visando uma abordagem mais integrativa e reequilíbrio duradouro das disfunções físicas e emocionais.

Envie suas dúvidas sobre eletroacupuntura ou outra técnica da medicina chinesa, para que possa respondê-las em um outro artigo do blog.

Publicado por: Dra. Christiane Fujii - CRM/SC 8813 RQE 5292 e 8074
Formada em Medicina pela Universidade Regional de Blumenau FURB, fez especializações em Homeopatia, Acupuntura, e pós-graduações em Ciências da Fisiologia Humana pelo Grupo Longevidade Saudável e Prática Ortomolecular
Doctoralia    

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.