10 motivos para você adotar a acupuntura no seu tratamento

02/08/2019

Acupuntura é um método terapêutico que surgiu há aproximadamente 5 mil anos no Oriente. Ela consiste na inserção de agulhas através da pele e em locais específicos, visando a melhora de sintomas e lesões diversas.

Qualquer pessoa, independente da idade, pode ser tratada com Acupuntura, exceto nos casos em que há infecções generalizadas. A duração do tratamento varia de acordo com o estado clínico do paciente e a gravidade da doença, porém, é possível notar melhoras logo nas primeiras sessões.

Ouça este conteúdo:

 

Apesar de muitas pessoas procurarem essa técnica porque não obtiveram resultados satisfatórios com a medicina convencional, ela não deve ser vista somente como última opção. Seus benefícios já estão mais do que comprovados, tanto que, hoje, boa parte dos pacientes que me procuram é devido ao fato de eu ser especialista em Acupuntura.

Se você ainda está em dúvida em experimentar esta modalidade terapêutica, selecionei alguns motivos e dados que comprovam que essa técnica é eficiente para diversos tipos de tratamento. Antes, porém, vou explicar como ela é realizada. Confira!

Como é realizada a acupuntura

Através da inserção de agulhas em pontos específicos sobre a pele, a acupuntura, de acordo com preceitos da medicina chinesa e conceitos mais modernos, ativa centros nervosos e glandularesrestabelecendo o fluxo de energia e sangue do corpo humano, assim como modula e equilibra todo o organismo

Quando a agulha é introduzida, os pacientes costumam sentir uma sensação semelhante à pressão leve, como peso, dor superficial ou, raramente, pequenos choques, que podem irradiar ao longo dos membros.

Esses sintomas surgem somente enquanto o tratamento está sendo realizado e são indícios de que a técnica está surtindo efeito.

Confira as principais ações da acupuntura no quadro abaixo:

10 motivos para você aderir à acupuntura

  1. Como ela apresenta efeito analgésicoanti-inflamatório e relaxante muscular, além de influenciar diretamente no sistema imunológico, a acupuntura é capaz de tratar muitas doenças.
  1. Pesquisas revelam que cerca de 70% dos pacientes acometidos pela fibromialgia, ou seja, dores crônicas generalizadas, melhoram significativamente com a acupuntura;
  1. Devido ao seu efeito analgésico, ela é muito útil em casos de emergência, principalmente quando há dores músculo-tendíneas;
  1. Se realizada ao longo de tratamentos para depressão, a acupuntura ajuda a minimizar os efeitos colaterais dos medicamentos, como redução da concentração, do raciocínio e do desejo sexual e o aumento de peso. Em alguns casos, possibilita a diminuição no consumo dos fármacos;
  1. É uma aliada para pessoas que estão passando por uma reeducação alimentar, visto que diminui a ansiedadea sensação de fome e, consequentemente, controla a compulsão alimentar;
  1. Melhora o sono;
  1. Melhora o humor, reduzindo a irritabilidade;
  1. Minimiza sintomas causados pela obesidade, como dor na coluna, joelhos e pés, motivando, assim, a prática de exercícios físicos;
  1. Nos casos em que a acupuntura não é capaz de curar a doença, ela continua sendo útil, visto que pode auxiliar na redução dos incômodos. Isso ocorre quando o paciente sofre de artrite reumatoidelúpus eritematoso sistêmico e infecções bacterianas, por exemplo;
  1. acupuntura age sem causar efeitos colaterais ou dependência química.

Para que a acupuntura seja eficiente, ela deve ser feita por um especialista, pois a técnica exige conhecimentos médicos sobre antissepsia, anatomia e fisiologia humanas. Caso contrário, além de não oferecer resultados satisfatórios, podem ocorrer acidentes e complicações.

Você quer saber mais sobre acupuntura? Mande suas dúvidas para que eu possa respondê-las nos próximos artigos do blog!

Publicado por: Dra. Christiane Fujii - CRM/SC 8813 RQE 5292 e 8074
Formada em Medicina pela Universidade Regional de Blumenau FURB, fez especializações em Homeopatia, Acupuntura, e pós-graduações em Ciências da Fisiologia Humana pelo Grupo Longevidade Saudável e Prática Ortomolecular
Doctoralia    

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.