Prática ortomolecular desintoxica o organismo

16/03/2020

Seja por meio de uma alimentação desequilibrada, falta de atividade física ou outros hábitos prejudiciais à saúde, nossas funções celulares sofrem constantes desequilíbrios em nível bioquímico e molecular que podem comprometer o correto funcionamento do organismo. Para quem quer livrar-se de cansaço e ter mais disposição, existem alternativas que visam  desintoxicar o corpo e restaurar o equilíbrio corporal, como a prática ortomolecular.

Ouça este conteúdo:

 

Apesar de não ser amplamente conhecida, a prática ortomolecular vem ganhando cada vez mais espaço por ser uma técnica complementar bastante eficiente para a desintoxicação do organismo. Diferente dos tratamentos da medicina tradicional, a prática biomolecular – como também é conhecida – possui caráter terapêutico e dispensa procedimentos invasivos ou medicamentos que possam causar efeitos colaterais.

Quer saber como a prática ortomolecular pode contribuir para desintoxicar seu organismo? Continue a leitura e saiba mais!

O que é prática ortomolecular?

A origem da prática ortomolecular remonta ao início dos anos 1940, quando Linus Pauling, um renomado bioquímico e cientista, propôs abordagens sobre a importância de vitaminas e minerais para o correto equilíbrio do organismo e criou hipóteses de que os desequilíbrios químicos poderiam ser causas de diversos problemas de saúde. 

No entanto, somente em 1968 Linus publicou um artigo com o termo “ortomolecular”, cujo prefixo “orto” tem origem grega e significa “correto”. Dessa forma, a prática ortomolecular poderia ser definida como a “medida certa de moléculas”. 

Em outras palavras, a prática ortomolecular visa corrigir alterações no equilíbrio do organismo e garantir a quantidade ideal de radicais livres no nosso corpo. Os radicais livres, por sua vez, são essenciais para o funcionamento de diversas funções, mas seu excesso pode causar graves doenças, como câncer, AVC, artrite, etc. 

Como a prática ajuda a desintoxicar o organismo?

Para garantir o equilíbrio corporal e promover a saúde física e mental do paciente, o principal objetivo da prática ortomolecular é justamente combater o excesso de radicais livres que causam alterações no correto funcionamento do organismo todo. 

Para isso, a técnica inclui o consumo de alimentos antioxidantes ricos em vitaminas, minerais, ácidos graxos e aminoácidos, sempre de acordo com a necessidade de cada paciente após uma avaliação completa de seu organismo. Assim, os antioxidantes promovem a desintoxicação causada pelo excesso de radicais livre e restabelecem o equilíbrio químico do organismo. 

Ao restabelecer o equilíbrio químico, o paciente apresenta benefícios notáveis tanto para sua saúde física quanto emocional. É possível ganhar muito mais qualidade de vida e bem-estar, além de afastar diversas doenças crônicas e contribuir para o envelhecimento saudável.

Para quem é indicada?

A medicina ortomolecular atua de maneira preventiva, buscando detectar e corrigir o desequilíbrio das funções celulares antes que as doenças se desenvolvam. Qualquer paciente que deseje promover uma melhora em sua saúde pode buscar a prática ortomolecular, mas é importante ressaltar que a técnica é um tratamento complementar e não deve ser usada como única forma de combater uma doença.

Isso porque a prática busca promover maior qualidade de vida ao paciente – por meio do combate do desequilíbrio de radicais livres, desintoxicação de metais pesados e reposição de antioxidantes, mas não é capaz de, sozinha, curar uma doença que já tenha se manifestado. 

Como a prática ortomolecular visa manter o organismo em constante equilíbrio químico e molecular, o tratamento não tem um período definido e pode ser realizado continuamente, desde que com o correto acompanhamento de um profissional. 

Como é a formação do profissional que atua na área?

Para atuar com a prática ortomolecular, o profissional médico deve ir muito além da graduação em Medicina. A técnica exige conhecimento especializado na área e em diversos aspectos da saúde humana que precisam ser adquiridos por meio de capacitação especializada.

A Dra. Christiane Fujii possui pós-graduação em prática ortomolecular e está em constante busca sobre novos conhecimentos neste campo. Assim, a especialista alia sua experiência em homeopatia e acupuntura  para promover um tratamento integral, contribuindo com a saúde física e mental de seus pacientes.

Quer entender melhor todos os benefícios e como funciona a prática ortomolecular? Agende sua consulta e venha conhecer!

Publicado por: Dra. Christiane Fujii - CRM/SC 8813 RQE 5292 e 8074
Formada em Medicina pela Universidade Regional de Blumenau FURB, fez especializações em Homeopatia, Acupuntura, e pós-graduações em Ciências da Fisiologia Humana pelo Grupo Longevidade Saudável e Prática Ortomolecular
Doctoralia    

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.